Início Pecuária Agricultura Aquicultura Horticultura TV Criar e Plantar

Busca no Site

Seções

Cisne


Espécies

Cisne-branco ou cisne-real

Nome cientifico: (Cygnus olor)
Características: originários da Europa Central e da Ásia, o cisne-branco chega a medir cerca de um metro e quarenta centímetros de comprimento. Quando fica irritado, costuma atirar o pescoço para trás, levantando as asas e avançando para cima do inimigo. Nessas horas, ele nada com os dois pés ao mesmo tempo, ronca e assobia. Porém, sua voz é bem mais fraca que a das outras espécies. Há até quem acredita que ele é mudo. Mas quando zanga, chama os filhotes com gritos que mais parecem latidos. Normalmente são agressivos com pessoas ou animais estranhos.

Cisne-negro ou cisne-australiano

Nome cientifico: (Cygnus atratus)
Características: assim como as outras espécies, possuem o pescoço mais comprido que o corpo. É originário da Austrália e Tasmânia e apresenta menor porte que o cisne-branco. Sua cor é totalmente negra e também fica facilmente irritado. Costuma usar as asas para se defender e atacar o inimigo. Fêmea e macho chocam os ovos e cuidam dos filhotes.

Cisne-de-pescoço-preto

Nome cientifico: (Cygnus melancorphus)
Características: originário da América do Sul. Muito comum em diversas regiões brasileiras, esta ave chega a medir um metro e vinte centímetros de comprimento. Suas asas são inteiramente brancas e curtas. O pescoço é negro, aparentando ser mais grosso que o das outras espécies. A base do bico e os pés possuem coloração avermelhada. As pernas são curtas e é ainda mais desajeitado no chão que o cisne-branco. Quando anda muito, na sola dos pés se formam calos que podem acabar matando a ave. Ao contrário das outras espécies, quando fica irritado o cisne-de-pescoço-preto abaixa o enorme pescoço e se ;anca ao inimigo. Possui a voz macia, parecida com um assobio.

Cisne Cantor

É branco e possui o bico negro e amarelo. É uma espécie muito selvagem, sendo que poucos exemplares são cativos. Sua reprodução em cativeiro, embora possível, é muito difícil.

Desta variedade é que se originou a lenda de que os cisnes morrem cantando. O que ocorre, porém, é que, vivendo em regiões frias, quando o inverno chega, eles têm que emigrar para o Norte. Entretanto, quando se atrasam, os lagos gelam e eles vão morrendo de frio e fome. Ao morrerem, emitem sons que são interpretados por algumas pessoas como sendo um canto. Outras, porém, crêem que são os últimos alentos da respiração, o que é mais um lamento, um som melancólico. Há, ainda, algumas pessoas que os comparam a sons de sinos distantes.

Pode ser que um conjunto de cisnes, emitindo esses sons ao mesmo tempo, pareça um cântico, hoje com a fama de estranho e divino.

Email:
Senha:


Esqueci Senha
Cadastre-se
Receba as notícias
© 2001 - 2013 Criar e Plantar - Todos os direitos reservados