Início Pecuária Agricultura Aquicultura Horticultura TV Criar e Plantar

Busca no Site

Seções

Peru


Manejo reprodutivo

Incubação

Pode ser natural, feita pelas próprias peruas, que incubam de 15 a 25 ovos de cada vez, são boas chocadeiras e, às vezes, não abandonam o ninho nem para comer. Neste caso, devemos retirá-las do ninho para forçá-las a se alimentarem, Os ninhos podem ser feitos de simples caixotes de madeira medindo 40cm x 50cm e com uma camada de palha ou capim seco, no fundo. Podemos usar, também, a incubação artificial, com o emprego de chocadeiras, sendo mais indicada para as grandes criações, embora existam incubadoras para poucos ovos. A temperatura deve ser de 38,5ºC, aumentando até 39,5ºC no final da incubação. Os ovos devem ser virados 2 a 3 vezes ao dia, examinados no 9º dia (é observada a "aranha" ou "anel de sangue") e no 23º dia. A incubação dura 28 dias. Os ovos devem ter no máximo 10 dias após a postura, mais de 70g e serem de aves precoces e sadias. Os de peruas muito novas são pequenos e, em geral, não são férteis.

Os Peruzinhos

Quando saem dos ninhos ou das incubadouras, os peruzinhos devem ser colocados em criadeiras ou baterias, com piso de tela ou ripa de madeira ou mesmo sobre uma cama adequada e com uma fonte de calor (lâmpada de raios infravermelhos), aí permanecendo até 9 a 10 semanas, pois posteriormente são levados para parques gramados ou então para galpões com cama. Nessa época devem ser vacinados contra a bouba. Um metro quadrado comporta 10 peruzinhos. Sua alimentação deve ser com ração balanceada "inicial", com 26% de proteínas, até 30 dias de idade, passando para a de crescimento com 18 a 20% mas, na falta desta, podem receber a de adultos. O "verde", não deve faltar nunca. Quando soltos nos campos, "pastam" como bois, economizando 20 a 25% de ração.

Nas pequenas criações e nos primeiros dias, podem receber quirera de milho, ovos cozidos picados, verduras picadas, pão com leite e aveia. Até aos 3 meses devem ser bem protegidos do sol, das chuvas, dos ventos e da umidade, pois é nessa idade que passam pela "crise do vermelho", facilmente superável pelas aves sadias e bem alimentadas. Torna-se, depois, uma das aves mais resistentes. Podem ser mantidos em galpões até serem vendidos para o corte ou abatidos. Não é aconselhável aglomeração ou a permanência de perus em terrenos muito pisados, dos quais não possam ser mudados pelo menos todas as semanas.

Reprodutores

A proporção deve ser de 1 macho para 8 a 10 fêmeas. É preferível que cada macho com suas fêmeas seja separado dos demais, para evitar as brigas. Os machos devem ser escolhidos de acordo com o tamanho das fêmeas. Para machos de 14 ou 15kg, devemos escolher fêmeas de mais ou menos 8kg. Os machos devem ser sadios, vigorosos, de bom tipo ou padrão da sua raça e de preferência de 9 a 10 meses de idade. As pernas devem ser sadias, fortes, dentro do padrão da raça, com 8 meses e devem ser retiradas da reprodução, com 3 anos de idade. A inseminação artificial é empregada como rotina e com sucesso, nas grandes criações.

Email:
Senha:


Esqueci Senha
Cadastre-se
Receba as notícias
© 2001 - 2013 Criar e Plantar - Todos os direitos reservados