Início Pecuária Agricultura Aquicultura Horticultura TV Criar e Plantar

Busca no Site

Seções

Pecuária Orgânica


Homeopatia na Pecuária Orgânica

É permanente o esforço dos pecuaristas para equilibrar as contas e garantir a margem de lucro que justifique estar nesta atividade. O que diferencia é a saída encontrada para reduzir custos: o tratamento da saúde do rebanho, ou seja, focando a prevenção a partir da medicina homeopática para explorar um rebanho mais saudável e deparar com uma economia que só se deu conta nos gastos comparados com medicamentos.

O que leva os produtores a iniciarem esse tratamento é a perda de animais e da produtividade, é sempre em um momento de desespero. A maior dificuldade esta na implantação do sistema, pois exige confiança e persistência.

Os produtos podem ser adicionados a ração, de acordo com cada tipo de grupo animal, caracterizado por boa palatabilidade e fácil digestibilidade, apresentando resultados a partir de um mês após a primeira administração e as formas de aplicação podem ser definidas, de acordo com o quadro clinico do rebanho e as condições da fazenda.

Ter abandonado os antiparasitários é algo que os produtores gostam de citar. A implantação deste processo demanda a observação de uma diversidade de fatores e informações para que haja um melhor aproveitamento possível. Não existem fórmulas padronizadas, para cada fazenda ou sistema de produção há uma solução exclusiva, compatível com as características da propriedade.

Os efeitos deste sistema atingem seu pico em prazos longos, diferente do que os pecuaristas estão acostumados, estas respostas também dependem das condições da fazenda em questão.

A vantagem é que passada a fase de adaptação, o criador só precisa se preocupar com a manutenção da aplicação e em casos de emergência, não há qualquer problema em buscar o reforço da alopatia.

Essa medicina alternativa exige condições mínimas, pois se tratando de uma ferramenta a disposição do criador que funciona como parte de um todo. Os produtos homeopáticos não suprirão a falta de alimentação ou a resolverão problemas como genética de má qualidade e administração deficiente.   

Email:
Senha:


Esqueci Senha
Cadastre-se
Receba as notícias
© 2001 - 2013 Criar e Plantar - Todos os direitos reservados