Início Pecuária Agricultura Aquicultura Horticultura TV Criar e Plantar

Busca no Site

Seções

Eqüino


Trotador

O nome "Standardbreds" surgiu por volta de 1879, quando ao invés de ser registrado no "American Trotting Registry" , os animais trotadores e marchadores tiveram que concordar com a velocidade standard e uma milha. o garanhão que deu inicio à raça foi Messengor, um cavalo de pelagem tordilha, pertencente à raça Puro-Sangue Inglês, oriundo da Philadélphia, no ano de 1788. Quem teve, entretanto, uma grande predominância na formação da raça trotadora, foi um de seus excelentes netos, o Hambletonian 10, o Rysdyk's Hambletonian, nascido em 1849, considerado com o pilar mestre da raça.

Na formação da raça procurava-se com os cruzamentos, obter-se um cavalo de dupla utilidade - sela e tiro leve -. Muitos cruzamentos foram feitos, usando-se sucessivamente o Puro-Sangue Inglês, o trotador de Norfolk, o Hackney, o Normando e depois o Árabe, o Barbo, o Morgan e animais mestiços ou comuns, marchadores laterais (andadura).

Entre 1851 e 1875, Hambletonian 10 ou Rysdyk's Hambletonian padrejou grande números de reprodutores, dando 1331 produtores, e a maioria trotadores de hoje em dia, são seus descendentes.

Na dependência do modo como são orientados em seus treinamentos, esses cavalos podem ser trotadores, marchadores e até marchadores e trotadores ao mesmo tempo.

Um reprodutor pode dar um maior número de descendentes marchadores ou trotadores, conforme seu genótipo. Em qualquer dos dois andamentos, podem desenvolver a mesma velocidade na tração de "sulky".

Email:
Senha:


Esqueci Senha
Cadastre-se
Receba as notícias
© 2001 - 2013 Criar e Plantar - Todos os direitos reservados