Início Pecuária Agricultura Aquicultura Horticultura TV Criar e Plantar

Busca no Site

Seções

Eqüino


Crioulo

O cavalo Crioulo é oriundo do cruzamento de eqüinos árabes e bérberes, trazido da Ásia e África pelos mouros quando invadiram a Península Ibérica. Desse cruzamento surgiu o cavalo ibérico, considerado desde os primeiros séculos de nossa era como o melhor cavalo de sela do mundo.

Logo após a descoberta do nosso continente, chegaram a São Domingos os primeiros cavalos espanhóis que 1 5 a 20 anos depois vão para o continente.

D. Pedro de Mendoza em 1535, e Avelar Nunez Cabeça de Vaca, cm 1514, introduzem cavalos diretamente da Espanha ao Rio da Prata e Paraguai respectivamente.

Os eqüinos abandonados por Pedro Mendoza quando de sua retirada da Argentina, permanecendo nas exuberantes pradarias da Província de Buenos Aires, formaram numerosas manadas, onde por muito tempo só atuou a seleção natural, sobrevivendo sempre o mais forte. Exemplares dessas manadas selvagens vieram com os jesuítas quando foi iniciada a colonização da então Província de São Pedro, no atual estado do Rio Grande do Sul.

Em meados do século passado, muitos equinocultores gaúchos, desejando melhorar o tipo de seus cavalos nativos, fizeram inúmeros cruzamentos com raças exóticas usando garanhões árabes e ingleses. Os resultados da introdução do Sangue alienígena, se por um lado deram uma melhor aparência e mais altura aos mestiços, por outro lado, produziram animais com pouca resistência para os lides do campo e de guerra.

Alguns criadores resistiram à inovação e para evitar que desaparecesse o tradicional cavalo dos pampas, orientaram por princípios zootécnicos a criação das poucas manadas que ainda existiam em estado de pureza.

Hoje em dia, o cavalo Crioulo se ajusta perfeitamente, cm sua conformação, em seu tipo e cm sua pureza, aos velhos e tradicionais moldes; se os primitivos Crioulos eram um produto exclusivo de seleção natural, não sc podem pretender que os da atualidade sejam apenas uma variedade local, ou derivado do Crioulo antigo.

É algo mais importante e maior que tudo isso: é uma verdadeira raça. E, em essência, o mesmo primitivo e tradicional cavalo Crioulo da América descendentes dos cavalos dos conquistadores, recuperados pela obra de conjunto de todos os criadores de crioulo da América.

Email:
Senha:


Esqueci Senha
Cadastre-se
Receba as notícias
© 2001 - 2013 Criar e Plantar - Todos os direitos reservados