Início Pecuária Agricultura Aquicultura Horticultura TV Criar e Plantar

Busca no Site

Seções

Eqüino


Brasileiro de hipismo

A raça Brasileira de Hipismo em formação no Brasil iniciou-se em 1977 com a função da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos de Hipismo sob o patrocínio da Comissão Coordenadora da Criação do Cavalo Nacional (CCCCN).

Está sendo feita através de cruzamentos de garanhões de raças especializadas nos esportes hípicos de salto, de boa conformação, ossatura forte e grande rusticidade. Os garanhões normalmente utilizados são da raça Puro Sangue Inglês, considerados indispensáveis na formação de qualquer raça de esportes hípicos.

As éguas chamadas éguas-de-base, são puras e mestiças das diversas raças criadas no País.

O cavalo Brasileiro de Hipismo, zootecnicamente está incluído entre os meio-sangue de sela e não constitui ainda um tipo de cavalo pela heterogeneidade de seus exemplares. No entanto, pela seleção dos reprodutores e registro de seus cavalos, através da Associação, dentro em pouco tempo, teremos realmente uma raça Brasileira de Hipismo para o salto, pólo, adestramento e concurso completo.

A Associação Brasileira dos Criadores de Cavalo de Hipismo tem também seu cargo a serviço de registro genealógico das raças de pequenas contingentes no País, tais como: Hanoveriana, Trakhener, Orloff e Anglo-Argentino, raças que irão contribuir para a formação do Cavalo Brasileiro de Hipismo.

Email:
Senha:


Esqueci Senha
Cadastre-se
Receba as notícias
© 2001 - 2013 Criar e Plantar - Todos os direitos reservados