Início Pecuária Agricultura Aquicultura Horticultura TV Criar e Plantar

Busca no Site

Seções

Eqüino


Apaloosa

A raça Appaloosa constitui um tipo muito característico, identificado pela sua pelagem e outros detalhes que distingue da maioria das variedades da espécie eqüina.

Teve sua origem numa região que compreende os estados do noroeste dos Estados Unidos e sudoeste do Canadá, onde era criada e selecionada pelos índios. A maior concentração desses cavalos encontra-se na área do Rio Paloose, no Estado de Oregon. A expressão La Paloose converteu-se em Appaloosa oficialmente adotada pela Associação Americana, sediada em Mocow, no Estado de Idaho.

O cavalo Appaloosa é extremamente versátil, com possibilidades de utilização em quaisquer condições de clima e topografia. Prospera tanto nas regiões montanhosas como nas áreas planas e estéreis.

Muito rústico adapta-se bem em qualquer região de nosso País. Por sua pelagem, destacam-se em desfiles, exibições e passeios. Também é muito usado como cavalo de serviço.

A pelagem provém do antigo cavalo indígena, mas consideráveis infusões de Sangue Árabe, Puro Sangue Inglês e Quarter refletiram-se na boa conformação da presente raça Appaloosa.

Animal de porte médio, ágil e harmonioso, prestando-se para sela, saltos, corridas esportivas e lida com o gado. Originariamente utilizado como cavalo de guerra pelos índios americanos, distingui-se pela sua agilidade e resistência, qualidade que vem sendo mantida pelos seus selecionadores.

A raça appaloosa foi introduzida no Brasil no último decênio através de animais importados da América do Norte.

Observação: Manchas com mais de 14 cm desclassificam o animal para a composição da raça.

Email:
Senha:


Esqueci Senha
Cadastre-se
Receba as notícias
© 2001 - 2013 Criar e Plantar - Todos os direitos reservados