Início Pecuária Agricultura Aquicultura Horticultura TV Criar e Plantar

Busca no Site

Seções

Cão


Dogo Canário

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Origem:
Espanha

Porte: Médio

Utilização: Guarda de Propriedades

Características: Com uma constituição robusta e musculosa, uma bélissima cabeça e um temperamento ardente, o Dogo Canário (antigo Presa Canário), segundo o Dr. Carl Semencic (norte-americano especializado em cães de Guarda e autor dos livros Gladiator Dogs e Pit Bulls and Tenacious Guard Dogs) é o melhor cão de guarda do mundo.

O Dogo Canário é uma raça obstinada pela Guarda de Propriedade que no passado já teve diversas funções, como nas lutas de cães e condução do gado. A sua origem é Espanhola, mais precisamente as Ilhas Tenerife e Gran Canária, influência direta do nome da raça. Em se tratando seu nome, o Dogo Canário já teve vários nomes, desde Cão Basto das Canárias, Perro de Presa Canário, Presa Canário, até o atual Dogo Canário, que fora atribuído pela FCI durante o reconhecimento da raça, em 2001, onde a entidade justifica que o nome mais comumente conhecido "Presa Canário" era associado ao termo "Cão de Presa", sendo este relacionado ao combate entre cães. Mesmo contra a vontade dos criadores mais velhos, que defendiam o nome "Presa Canário", a mudança foi concretizada.

"Aspecto sereno, de olhar atento. É especialmente voltado para a função de Guarda e tradicionalmente para o manejo e condução do gado. Seu temperamento é equilibrado, tendo grande segurança de si mesmo. É manso e nobre com a família, muito apegado ao dono e desconfiado com os estranhos. É implacável com intrusos e pessoas má-intencionadas, que são rapidamente retraídas pelo porte descomunal da raça. Sua expressão é de muita segurança e nobreza. Quando está alerta, sua atitude é firme e seu olhar vigilante". Exatamente isso que rege o padrão oficial da raça.

Sua pelagem é curta, assentada, de aspecto rústico e levemente áspero ao tato.

As cores permitidas são o tigrado (em toda sua gama) e o aleonado/dourado (em toda sua gama). O Branco na pelagem pode ocorrer no peito, base do pescoço ou garganta e nos dedos (Quanto menor incidência é melhor). Sua máscara deve ser sempre preta.

Sua aparência geral é de um cão de tamanho médio, de perfil arqueado (Posteriores mais altos que os anteriores), com um aspecto rústico e ligeiramente mais longo do que alto.

O Dogo Canário ainda se trata de uma raça rara, tanto no Brasil como no resto do mundo, inclusive na Espanha, seu país de origem.

Teve sua introdução no Brasil no ano de 2002, onde se foi confirmado o pioneirismo e o início de uma criação sistemática (vários cães com potencial de reprodução) pelo Cane Club Kennel, de Curitiba/PR.

• Colaboração: Criador Eduardo Luiz de Oliveira / Cane Club Kennel

Email:
Senha:


Esqueci Senha
Cadastre-se
Receba as notícias
© 2001 - 2013 Criar e Plantar - Todos os direitos reservados