Início Pecuária Agricultura Aquicultura Horticultura TV Criar e Plantar

Busca no Site

Seções

Cão


Husky Siberiano


Origem: Estados Unidos. O Husky Siberiano foi mantido puro pelas tribos dos chukchis, do noroeste da Ásia, onde era usado para puxar trenós, o principal meio de transporte no Alaska. Por ter porte menor que o Malamute do Alasca, tornou-se o cão preferido dos exploradores russos, como cão de trenó, por sua velocidade, agilidade e resistência, qualidades apreciadas pelos chukchis. Como trabalhador voluntarioso, gosta tanto de seu papel como cão de trenó quanto de cão de companhia.

Porte: Médio

Características: Esse cão de companhia faz muita sujeira na época da mudança de pêlos, que ocorre a cada seis meses. Fora isso, é um cão fácil de criar. Seu corpo, moderadamente compacto, sua estrutura bem equilibrada e sua boa ossatura e musculatura contribuem para potência, velocidade e resistência. Sua altura varia entre 53 cm e 60 cm, e seu peso, entre 16 kg e 27 kg. A cabeça é de tamanho mediano, e sua pelagem é espessa, mas não muito comprida. O subpêlo é suave e espesso e tem comprimento suficiente para sua sustentar a pelagem superior. O rabo é peludo do tipo raposa. Este cão é encontrado nas cores cinza-lobo, cinza prata, vermelho, além de branco e malhado, que são mais raros. O Husky é um dos cachorros mais conhecidos no mundo e, consequentemente, um dos mais criados também. No Brasil, desde 1990, figura sempre entre as cinco raças mais criadas a cada ano. É também muito criado nos Estados Unidos, Canadá, Itália, Espanha e Japão.

Email:
Senha:


Esqueci Senha
Cadastre-se
Receba as notícias
© 2001 - 2013 Criar e Plantar - Todos os direitos reservados