Início Pecuária Agricultura Aquicultura Horticultura TV Criar e Plantar

Busca no Site

Seções

Cão


Grande Pirineus


Origem: França. Somente existem especulações a respeito da origem exata desta raça, mas pode-se afirmar que é um cão muito antigo, de quase 2000 a.C. Ossos de cachorros parecidos aos dos Pirineus foram encontrados em sítios arqueológicos da Idade do Bronze. Outros dizem que este cão veio da Ásia Central ou Sibéria, seguindo a migração ariana na Europa. Acredita-se também que ele descende do Karabash e o Kuvasz. Entretanto, este cão tem trabalhado com rebanhos das montanhas francesas durante séculos.

Porte: Gigante

Características: Tal qual os Pirineus, este cão é enorme e impressionante. Sua pelagem é branca como a neve e, às vezes, pode ter manchas cinzas ou fogo, como são encontradas na França e Inglaterra. É o maior dos Molosos do tipo montanha, chegando a medir 81cm de altura e a pesar entre 41 kg e 59 kg. A pelagem é meio longa, espessa e ligeiramente ondulada com um subpêlo branco que o protege do clima adverso. O Grande Pirineus é considerado o mais forte dos Molosos de montanha, podendo abater um lobo facilmente. Sua força e valor o fizeram ser usado até na guerra, porém sua beleza o converteu em um cão de exposição. Excelente guardião e dócil, é um bonachão como cão de companhia, principalmente com crianças. Comparado com seus antepassados, seu caráter suavizou muito, porém continua sendo nobre, valente e belo.

Email:
Senha:


Esqueci Senha
Cadastre-se
Receba as notícias
© 2001 - 2013 Criar e Plantar - Todos os direitos reservados