Início Pecuária Agricultura Aquicultura Horticultura TV Criar e Plantar

Busca no Site

Seções

Jacaré


Introdução

Os crocodilianos são répteis pertencentes à Sub-classe Arqueosauria, a mesma dos dinossauros e pterosauros, tendo- se diferenciado como grupo a cerca de 205 milhões de anos no Triássico Superior.

Classificação:  Classe- reptilia
                       Ordem- crocodilia
                       Família- crocodilidae

Atualmente encontram- se divididos em três sub-famílias, oito gêneros e vinte e duas espécies. Cinco delas, todas pertencentes a sub-família Alligatorinae, encontram- se no Brasil, sendo chamadas indistintamente de "jacarés" ou distinguídas umas das outras por sufixos de origem tupi- guarani ou termos em língua portuguesa. São elas:

  • jacaré-açu (Melanosuchus niger),
  • jacarépaguá (Paleosuchus palpebrosus),
  • jacaré-curuá ou em sua forma aportuguesada jacaré-coroa (P. trigonatus),
  • jacaré-tinga e jacaré-do- Pantanal (Caiman crocodilus crocodilus e C. crocodilus yacare, respectivamente) e
  • jacaré-de-papo-amarelo (C. latirostris).

O Brasil possui  5 espécies de jacarés, 3 delas são mais usadas nos cativeiros, a criação é permitida próxima dos habitats desses animais.

Por exemplo o jacaré-do-pantanal (Caiman crocodilus yacare) só pode ser criados na bacia do rio Paraguai ( MT, MS).Esta espécie já sofreu muito com caçadores contrabandista por possuir um ótimo couro, ele possui um bom desenvolvimento em cativeiro.

O jacaré-tinga, jacaré-negro ou jacaré-da-amazônia  (Caiman crocodilus crocodilus), só pode ser criado na bacia Amazônica (AM, PA, MG, TO, RR, RO e AP), possui uma coloração  mais clara que o jacaré-do-pantanal, mas também tem um couro de qualidade.

Jacaré de papo amarelo (Caiman latirostris), pode ser criado na maioria dos estados, todavia a criação só é permitida se o propósito for conservacionista, pois é uma espécie ameaçada de extinção. Somente a segunda geração nascida em cativeiro é permitida ser comercializada.

Os reprodutores podem ser capturados de outros criadouros ou zoológicos, mas para isso é indispensável consultar o Ibama.

Email:
Senha:


Esqueci Senha
Cadastre-se
Receba as notícias
© 2001 - 2013 Criar e Plantar - Todos os direitos reservados