Início Pecuária Agricultura Aquicultura Horticultura TV Criar e Plantar

Busca no Site

Seções

Avestruz


Identificação dos animais

Marcação dos animais

Os avestruzes podem ser marcados por métodos provisórios e definitivos. Um método de marcação revolucionário é através da microchipagem, que consiste na implantação de um microchip no músculo da cabeça da ave, padronizando do lado esquerdo, o qual é reconhecido por um leitor, que informa a numeração do chip daquele animal. Este número, que nunca se repete, é a identidade da ave, onde através de planilhas de controle zootécnico (informatizadas ou não), fazemos o acompanhamento do manejo do animal sempre que necessário. Algumas vantagens do método podem ser citadas: facilidade de uso do sistema; marcação permanente sem o risco de perder o chip; fácil identificação em caso de roubo de um animal. O custo do uso deste método de marcação talvez viabilize apenas para animais reprodutores, mas, apesar de inicialmente ser caro (cerca de US$ 400.00 um leitor e cerca de US$ 10.00 um mícrochip), se encarado como custo fixo, a amortização anual é bastante baixa.

Outro método de marcação, e, certamente mais barato que o anteriormente citado, é a marcação com brinco de bovinos inserido na pele do pescoço, perto da base, o qual tem registrado um número que identifica o animal. Pode ser usado de duas cores diferentes, para distinção de machos e fêmeas. Dê preferência ao uso de brincos com tonalidade mais opaca, e não use o vermelho e nem o amarelo vivo. Uma grande vantagem deste método é o custo, e uma desvantagem é a chance de ficar mal colocado e cair posteriormente.

O uso de fitas adesivas coloridas nas pernas dos animais seria um método de marcação provisório, com a intenção de identificar um animal em terapia, por exemplo, ou convalescente, etc.

Fichas Zootécnicas

O uso de fichas de controle visam acompanhar o desenvolvimento dos avestruzes, além de registrar seu desenvolvimento ponderal e histórico veterinário. Existem vários modelos de fichas, as quais também podem ser criadas pelo fazendeiro, além de poder utilizar os recursos da informática e de possíveis programas de controle de planteis de avestruzes que podem ser desenvolvidos ou já existentes no mercado.

Email:
Senha:


Esqueci Senha
Cadastre-se
Receba as notícias
© 2001 - 2013 Criar e Plantar - Todos os direitos reservados