Início Pecuária Agricultura Aquicultura Horticultura TV Criar e Plantar

Busca no Site

Seções

Avestruz


Produtos

Plumas

O avestruz é famoso por causa de suas penas. O adulto pode produzir penas de excelente qualidade por 40 anos ou mais, desde que receba cuidados apropriados. No entanto, as melhores penas são produzidas por avestruzes de 3 a 12 anos de idade. As mais valiosas são aquelas penas longas, largas e completamente simétricas. As penas estão maduras para coleta aos 8 meses.

Quando se faz à retirada, deve-se deixar uma camada de penas na parte superior do animal para evitar queimaduras de sol. Separam-se bem as plumas a arrancar, puxando com movimento de zíper. Arrancam-se em média 4 camadas de plumas. Arrancam-se também as penas da parte de trás das coxas. Na região da cauda, as penas são retiradas individualmente. Só arranca-se as penas que apresentam o cálamo bem maduro, pois se arrancado quando "verde", causa dor e sangramento no animal. Arrancam-se as plumas abaixo das brancas para deixá-las bem expostas. As penas brancas são cortadas, verificando se estão bem maduras. Geralmente consegue-se 3 produções a cada 2 anos.

 

Há 200 tipos de classificação de penas, sendo as principais:

- Brancas (da asa do macho);
- Pretas (da asa do macho);
- Ornamentais (da extremidade da asa);
- Feminas (da asa da fêmea);
- Pardas (da asa da fêmea);
- Penugem (de baixo das asas);
- Caudas (das caudas do macho e da fêmea).

Tabela: classificação e valor das plumas:

Tipo Medidas (cm) Cor Valor (US$/Kg)
Macho branca 50-76 Branca 167,00
Fêmea 50-76 Branca 87,00
Cinza "Drabs" 13-56 Cinza 35,00
Pretas 23-50 Preta 43,00
Peitorais 23-50 Preta e branca 43,00
Cauda 25-40 Bege 27,00
Obs.: Em média, obtém-se 1 a 2Kg de pluma/animal/ano.

As penas brancas são as mais procuradas porque tingem bem, embora as cinzas e as pretas possam ser alvejadas. O preço das penas brancas de melhor qualidade é de US$ 80,00 a US$ 90,00 por quilo para o produtor, e as de qualidade secundária US$ 40,00 por quilo. As penas de excelente qualidade são exportadas para a Europa e América e as penas pequenas são usadas para fabricar espanadores, leques e enfeites.

Produção de couro

O couro de todo o corpo do avestruz, exceto cabeça, dedos dos pés e ponta das asas é aproveitado. Um avestruz com 14 meses produz de 0,9 a 1,1 metros quadrados de couro.

No mercado internacional, o preço do couro de avestruz é de US$ 110,00 a US$ 320,00 por metro quadrado (cerca de US$ 200,00 por pele) para o produtor. O valor da pele curtida é de US$ 400,00 a US$ 800,00  enquanto o valor do couro processado é de US$ 500,00 a US$ 6.000,00.

O couro é resistente, macio, fácil de extrair e de tingir, e possui marcas características do implante das penas, o que é muito valorizado. A pele das pernas parece escamosa e assemelha-se ao couro de répteis. Com as peles são fabricados sapatos, cintos, carteiras, bolsas, pastas e pequenas peças de vestuário como coletes e almofadas para os ombros. Marcas famosas como Gucci, Christian Dior e outras usam couro de avestruz.

É difícil estimar a demanda por couros de avestruz, porém, segundo informações, o potencial seria de 300 mil a 750 mil peles por ano. Os principais mercados são os EUA, Japão, Itália, França, Alemanha, Inglaterra, África do Sul e alguns países da Ásia. O lnternational Leather Guide (Guia Internacional para o Couro - 1991) lista 40 curtumes de couro de avestruz entre os USA, África do Sul, Itália, França, Japão, Reino Unido e outros países. No Brasil, o IPT de Franca, SP, dispõe de tecnologia de curtição de peles de avestruz.

Carne

O avestruz é abatido entre os 12 a 14 meses de idade em abatedouros especializados, Porém, também podem ser usados abatedouros para bovinos.

Antes do abate, as penas são cortadas e, em seguida, é feita a sangria após atordoamento elétrico. A fim de maximizar o aproveitamento das penas, do couro do corpo e das pernas, foram desenvolvidas tecnologias para o abate e esfola do avestruz. O processo exige retirada cuidadosa da pele, com técnica apurada.

Um avestruz bem desenvolvido, com idade de 12 a 14 meses, fornece entre 34 a 41 Kg de carne. A carne das pernas e filé das coxas são processados separados e o resto da carcaça, em sua maioria, é usado para carnes processadas (hambúrgeres e embutidos) ou para carne seca. Os órgãos internos são usados para patês e farinha de carne.

Tabela: Aproveitamento da carne do animal abatido (14 meses de idade):

Tipo de corte Peso (Kg) % de carcaça
Filé mignon 3,5 11,7
Bife 6,3 21,0
Biltong (presunto) 9,7 32,3
Carne de segunda 10,5 35,0

Na África do Sul, o charque constitui o mercado principal para a maior parte da carcaça do avestruz. As carnes de primeira são exportadas para a Europa, especialmente para a Suíça e, em menor volume, para França e Alemanha. A Suíça tem potencial para consumir de 10 a 20 toneladas da carne por mês.

A produção brasileira de avestruz para ser exportada para a Europa, terá que atender as exigências da CEE. A principal questão a ser resolvida, no entanto, é se a carne de avestruz é classificada como carne de caça ou de ave doméstica, porque existem diferentes taxações para cada um destes produtos. Provavelmente, o maior volume de exportação seria de carnes processadas, por exemplo, salsichas, hamburgers e almôndegas.

Na Europa, os preços reportados para a carne de avestruz variam de US$ 13,00 a US$27,00 por quilo. Na África do Sul, onde os produtos de carne de avestruz são mais baratos, os preços de venda do charque são de US$ 10,00 a US$ 12,00 o quilo (US$ 3,00 a US$ 4,00 por quilo in natura) e nos EUA, variam de US$ 17,00 a US$ 29,00 o quilo, dependendo do tipo de corte.

A carne do avestruz é muito saborosa. Apresenta coloração avermelhada, assemelhando-se muito com a carne bovina, fator positivo quanto a aceitação da mesma, principalmente pelo mercado interno. Considerando a tendência mundial em buscar fontes de proteína mais saudáveis em razão do sedentarismo do homem e o aumento da sua expectativa de vida, a carne de avestruz apresenta na sua composição baixos níveis de colesterol, gorduras, calorias e sódio, quando comparada com outras carnes. Observe a tabela abaixo:

Tabela: Composição química média e valor calórico de diversas carnes (por 85g):

Animal Calorias (Kcal) Proteínas Lipídios Colesterol (mg)
Bovino 240 23,0 15,0 77
Suíno 275 24,0 19,0 84
Frango 140 27,0 3,0 73
Peru 135 25,0 3,0 59
Avestruz 97 22,0 2,0 58
Fonte: Nutritiva vale of. foz USA - 1995

Subprodutos

Cascas vazias dos ovos são usadas na decoração (porta moedas, abajur, ovos pintados, porta jóias, etc...); a gordura entra na preparação de cremes e pomadas; os cílios podem ser utilizados para a confecção de cílios postiços; a carcaça pode entrar na composição de rações, o bico e a unha como bijuterias e o ovo pode ser comido, pois o gosto é semelhante ao da galinha, mas em relação ao tamanho, o ovo do avestruz equivale a 24 ovos de galinha.

Email:
Senha:


Esqueci Senha
Cadastre-se
Receba as notícias
© 2001 - 2013 Criar e Plantar - Todos os direitos reservados