Início Pecuária Agricultura Aquicultura Horticultura TV Criar e Plantar

Busca no Site

Seções

Notícia


Política Externa

22/10/2010

Colômbia e Brasil assinam acordo para intercâmbio de genética Brahman

Parceria inédita prevê importação de embriões da raça bovina
Nesta sexta-feira (22/10), Brasil e Colômbia assinaram oficialmente o primeiro contrato de intercâmbio comercial entre os países para a importação de embriões da raça Brahman. O acordo é resultado da parceria entre o criador João Leopoldino Neto, do Brahman Canaã e Julio Olaya, representante de vários criadores colombianos.

“O objetivo do intercâmbio é oferecer aos criadores brasileiros novas alternativas de linhagens para ampliar as opções genéticas do Brahman no Brasil”, afirma o cônsul comercial e diretor da Proexport Colômbia, Carlos Rodríguez. Além de Leopoldino Neto e de Olaya, que assinaram o contrato, os presidentes de associações de gado da Colômbia e do Brasil, pesquisadores e criadores de Brahman de diversos países também estavam presentes no momento da assinatura.

Durante o XV Congresso Mundial da Raça Brahman que acontece nos dias 22 e 23 de outubro, em Uberaba, MG, será realizado o Leilão de Touros, onde pela primeira vez, os criadores brasileiros terão a oportunidade de adquirir sêmen de um touro da Colômbia. Serão ofertados lotes de 30 doses de sêmen do JPS Nerú Manso 005/D5. O reprodutor pertence à JPS Ganadería, da criadora colombiana Martha Elena Quiros González, que levou dois anos para se adequar às normas sanitárias para se habilitar a exportar produtos para o Brasil.

A Colômbia é um dos principais produtores de Brahman do mundo e reconhecida pela qualidade dos animais. Do seu rebanho total, estimado em 23 milhões de cabeças (de corte e leiteiro), 50% são comerciais da raça e 85% têm sangue Brahman.

Fonte: Revista Globo Rural

Email:
Senha:


Esqueci Senha
Cadastre-se
Receba as notícias
© 2001 - 2013 Criar e Plantar - Todos os direitos reservados